Select Language

Templo evangélico é destruído em Cuba.



"E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." (Mateus 10: 22)
Templo evangélico é destruído e 200 cristãos são presos em Cuba, inclusive a esposa do Pastor.

O inferno - Pastor Paulo Junior



"Os pecadores de Sião se assombraram, o tremor surpreendeu os hipócritas. Quem dentre nós habitará com o fogo consumidor? Quem dentre nós habitará com as labaredas eternas?" (Isaías 33: 14)

Dow Jones cai e 345 setores econômicos entram no vermelho!




Dow Jones cai e 345 setores econômicos entram no vermelho! Esta crise econômica não vai melhorar! Não se iluda com as promessas do seu governo e com as informações mentirosas da mídia, ela só vai piorar! A causa é o conflito geopolítico na Síria! Os Bancos dos Estados Unidos perderam cerca de 30 a 36% do seu valor de mercado e os bancos europeus tiveram perdas ainda piores, suas ações perderam de 50 a 55% do seu valor. Logo, logo esse caos econômico vai refletir nas vidas dos habitantes da terra!

(Fonte: Pregador Juan Padron) 

“Como servo do DEUS ALTÍSSIMO, não poderia deixar de mencionar sobre a profecia dada por DEUS ao Pastor David Wilkerson em 1973, sobre os eventos que já esta ocorrendo nos nossos dias, inclusive na economia. Clica no link e assista no YouTube.” https://www.youtube.com/watch?v=l4rZ1v9k5T4


Tempos difíceis!

Tempos difíceis ainda parecem se aproximar, o que temos visto é bem pouco se comparado ao que se desenha e não vejo ainda movimentos ocorrendo que possam mudar isso, mas as pessoas permanecem indiferentes e mesmo muitos daqueles que deveriam estar mais conscientes (como os que dizem conhecer ao SENHOR) estão displicentes, agindo de uma forma imprudente.

Já expliquei antes que colocar-se numa situação de risco por imprudência e desleixo, jogando a “conta” na confiança de que o SENHOR o livrará, muitas vezes é uma forma de se tentar a Deus e nisso Jesus foi claríssimo ao repreender o inimigo quando o mesmo sugeriu para que ele se atirasse do pináculo do Templo (Mateus 4:6-7). Colocar-se propositadamente ou de forma descuidada e imprudente numa situação de risco acreditando apenas que o SENHOR cuidará de você sem que você nada tenha feito de forma prudente, isso é nada mais nada menos do que tentar ao SENHOR.

Um exemplo seria como o caso do chefe de família que conhece ao SENHOR e que perde o emprego, mas que continua a gastar como na época em que estava empregado, sem se adequar à nova realidade e fazer os movimentos necessários para acertar o que é possível, contando apenas com a providência divina para suprir o seu futuro nesse mesmo modo de viver, mas em nada agindo conforme a situação exige, ou seja, de certa forma está tentando ao SENHOR e colocando-se, pouco a pouco, em uma situação de risco.

Então, caso ainda não o tenha feito, acorde e seja prudente, faça o seu possível, o impossível o SENHOR pode fazer, mas ele não moverá um dedo naquilo que é de nossa responsabilidade! Deus é verdadeiramente BOM no sentido pleno dessa palavra, mas não é complacente com a libertinagem, nem com o desleixo, nem com a preguiça e nem com a imprudência!

(Texto: Dionei Vieira)

A vinda do FILHO do HOMEM será como um relâmpago!


"Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem." (Mateus 24: 27)

Adolescente prega o Evangelho de CRISTO na escola!


Antes de pensar em pecar, reflita nesses versículos. Veja quanta dor JESUS suportou por amor a todos nos!!! "Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca." (Isaías 53: 4-7)

Carnaval. A origem e a verdade sobre essa festa diabólica!


A origem do Carnaval ainda é desconhecida. As primeiras referências a ele estão relacionadas a festas agrárias. Alguns atribuem seu surgimento aos cultos de agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela colheita, realizados na Grécia durante o século 7 a.C. A festividade incluía orgias sexuais e bebidas, e os foliões usavam máscaras e disfarces simbolizando a inexistência de classes sociais.

As folias do Carnaval também estão ligadas às festas pagãs romanas, marcadas pela licenciosidade sexual, bebedeira, glutonaria, orgias coletivas e muita música. Eram conhecidas como bacanais (em homenagem a Baco, o deus do vinho e da orgia), lupercais (em homenagem ao deus obsceno Pã, também chamado de Luperco) e saturnais (em homenagem ao deus Saturno, que, segundo a mitologia grega, devorou seus próprios filhos).

Com o advento do cristianismo, a Igreja Católica Apostólica Romana começou a tentar conter os excessos do povo nessas festas pagãs e a condenar a libertinagem. Porém, com a resistência popular, em 590 d.C. ela própria oficializou o Carnaval dando origem ao “carnaval cristão”, quando o Papa Gregório I marcou definitivamente a data do Carnaval no calendário eclesiástico.

Esse momento de grandes festejos populares antecedia a Quaresma, período determinado pela Igreja Católica para que todos os anos os fiéis se dedicassem, durante 40 dias, a assuntos espirituais, antes da Semana Santa. No período que ia da Quarta-feira de Cinzas até o Domingo de Páscoa, o povo deveria entregar-se à austeridade e ao jejum, para lembrar os 40 dias que Jesus passou no deserto consagrando-se.

Como o povo enfrentaria um longo período de privações e abstinência, alguns “carnais” permitiram que o povo cometesse então algumas extravagâncias antes. Às vésperas da Quaresma, os cristãos fartavam-se de assados e frituras entre o domingo e a “terça-feira gorda”. O que deveria ser apenas uma festa religiosa acabou assimilando os antigos costumes de libertinagem e bebedeiras.

Esses dias de “vale-tudo” que antecedem a Quaresma, em que as pessoas ficam 40 dias sem comer carne, passaram a ser chamados de adeus à carne, que em italiano é carne vale, ou carnevale, resultando na palavra carnaval.

A Quarta-feira de Cinzas, primeiro dia da Quaresma, simbolizava o momento em que as pessoas se revestiam de cinzas, evocando que do pó vieram e para o pó retornariam, e ingressavam no período em que a Igreja celebra a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus Cristo.

Visto que até hoje essa festa da carne traz consequências físicas, morais e espirituais degradantes, estampadas nos noticiários da Quarta-feira de Cinzas, aconselho aos que não participam do Carnaval que continuem de fora; e, aos que participam ou pretendem participar, meu conselho é 1 João 2.16: Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. Sendo assim, não convém ao cristão, mesmo a título de curiosidades, participar dessa festividade.

SUGESTÕES DE LEITURA:
“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.” (Salmo 1.1) 

“Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações. Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma.” (Tiago 1.2-4)

“Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.” (Apocalipse 22.15)

(Fonte: Verdade Gospel)